Apesar de alguns atrasos no planejamento, hoje pude fazer esse pequeno teste de stress.

Nesse vídeo as naves não estavam atacando o jogador ainda, porém pude fazer uma boa estimativa de performance. Na RX580 em que desenvolvo, com as 64 naves mais algumas dezenas de asteróides na região, o framerate ainda se manteve estável e muito acima dos 90hz mínimos para uma jogabilidade fluida no Oculus Rift.

Vale lembrar que é perfeitamente possível entrar em uma nave, decolar e combater do ar também. E, claro, todas as estrelas, planetas e asteróides são livremente visitáveis. Não existem fundos falsos ou interrupções nesse jogo…

Eu diria que o teste foi muito bem sucedido, ainda tendo muito fôlego para os recursos sendo adicionados.